Rio de Janeiro será sede da cerimônia de divulgação dos ganhadores do 1° Prêmio Nacional de Turismo. Foto: Plinio Bordin/Embratur

O Ministério do Turismo lançou nesta segunda-feira (22) o edital de seleção para o Prêmio Nacional de Turismo 2018. A premiação inédita tem por objetivo identificar, reconhecer, premiar e disseminar iniciativas, práticas inovadoras e casos de sucesso relacionados aos setores público e privado e ao terceiro setor do turismo brasileiro. Além de projetos, serão condecorados também profissionais que tenham atuado de maneira criativa, inovadora e proativa em prol do desenvolvimento do turismo no país. A cerimônia de divulgação dos vencedores será realizada em dezembro no Rio de Janeiro.

“O prêmio é um incentivo à disseminação de novas práticas e ideias criativas que ajudam a melhorar o atendimento ao turista e a gestão do turismo nas esferas pública e privada, contribuindo com o esforço de colocar o turismo brasileiro no patamar dos principais destinos do mundo”, comenta o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz. Segundo ele, a premiação é também uma forma de reconhecer o esforço dos profissionais que atuam neste mercado.

De acordo com o edital, são elegíveis para o prêmio entidades públicas, instituições do Sistema S, a exemplo do Sebrae, Senac, Sesi; representantes da sociedade civil organizada, pessoas jurídicas e empreendimentos turísticos. As iniciativas devem apresentar as seguintes características: serem específicas para o setor de turismo e terem sido implementadas há pelo menos 24 meses; terem resultados mensurados e efetivos que impactaram o turista e/ou o desenvolvimento do turismo; e ser passível de aplicação em outros destinos ou empreendimentos.

O Prêmio Nacional de Turismo é dividido em sete categorias: Monitoramento e Avaliação do Turismo; Qualificação e Formalização no Turismo; Valorização do Patrimônio pelo Turismo; Turismo de Base Local e Produção Associada ao Turismo; Turismo Social; Inovação Tecnológica no Turismo; Marketing e Apoio à Comercialização do Turismo.

A premiação possui caráter simbólico, sem valor comercial ou financeiro, e será concedida na forma de troféus e certificados. As propostas deverão ser apresentadas de 19 de outubro até as 23h59 do dia 15 de novembro de 2018, pelo e-mail produtos@turismo.gov.br. O resultado preliminar da etapa de habilitação será divulgado no portal eletrônico do Ministério do Turismo (www.turismo.gov.br).

PROFISSIONAIS DO TURISMO - Neste caso, os prêmios serão concedidos exclusivamente a pessoas físicas, em forma de medalhas e certificados, entregues ao primeiro colocado de cada uma das cinco categorias (academia, governo, iniciativa privada, organizações não governamentais, imprensa e mídias sociais). Os profissionais serão indicados pelas entidades do Conselho Nacional do Turismo e eleitos por votação popular, por meio da internet. Já as medalhas das menções honrosas caberão exclusivamente a personalidades indicadas pelo Ministro do Turismo.

Cronograma: a votação popular para a escolha dos profissionais concorrentes ao Prêmio Nacional de Turismo ocorrerá de 9 a 29 de novembro deste ano. No dia 28 de novembro serão conhecidos os finalistas nas sete categorias de iniciativas inovadoras. A cerimônia de premiação para as duas modalidades do prêmio, iniciativas/projetos e profissionais, está prevista para o dia 5 de dezembro.