A procura por viagens aéreas dentro do Brasil, medida em passageiros-quilômetros transportados (RPK), registrou crescimento de 3,29% em outubro desse ano na comparação com o mesmo mês do ano passado. A oferta destes serviços, em termos de assentos-quilômetros disponibilizados (ASK), foi ampliada em 5,63% em igual comparação. Apesar do aquecimento da demanda, como nem toda oferta adicional do mês foi absorvida, o fator de aproveitamento das operações teve recuo de 1,85 ponto percentual, atingindo 81,55% no mês. Em quantidade de consumidores, o mercado atendeu 7,9 milhões de passageiros nos voos domésticos em outubro, alta de 2,24%. Os números da ABEAR são a consolidação das estatísticas das empresas Avianca, Azul, Gol e Latam e contemplam mais de 99% do mercado doméstico.
 
De forma geral, este foi o segundo melhor mês de outubro da série histórica doméstica. Os níveis de oferta, demanda e de volume de passageiros ficaram abaixo apenas daqueles registrados em outubro de 2014. No caso do fator de aproveitamento, apenas outubro de 2017 viu ocupação superior.
 
Participação do mercado doméstico em outubro de 2018:
 
Gol: 34,28%
Latam: 33,33%
Azul: 18,84%
Avianca: 13,55%
 
Acumulado do ano
 
Somados os resultados de 10 meses de 2018, a aviação doméstica vê aumento de demanda de 4,39%, para uma oferta em expansão ligeiramente maior, da ordem de 4,95%. Esse equilíbrio proporciona relativa estabilidade do fator de aproveitamento no ano, que recuou 0,43 ponto percentual, para 80,86%, em comparação com o mesmo intervalo de 2017. Os passageiros transportados de janeiro a outubro totalizam 76,6 milhões (+ 3,44%, ou aproximadamente 2,5 milhões de pessoas a mais do que no ano passado).
 
Participação do mercado doméstico no acumulado de 2018:
 
Gol: 35,62%
Latam: 32,01%
Azul: 18,72%
Avianca: 13,65%
 
 
MERCADO INTERNACIONAL
 
As estatísticas das associadas ABEAR abrangem atualmente cerca de 30% das operações aéreas internacionais envolvendo o Brasil. A parcela restante é detida por empresas de bandeira estrangeira.
 
De forma consolidada, a demanda por viagens internacionais nas aéreas integrantes da ABEAR seguiu crescendo a uma taxa de dois dígitos em outubro, tal como vem acontecendo ao longo de todo o ano. O resultado mais recente é de alta de 15,33%. Isso mostra receptividade do público para a oferta que vem sendo bastante ampliada nas rotas internacionais, e cuja expansão foi de 20,98% em outubro. Como resultado desse relativo descompasso entre oferta e demanda, o fator de aproveitamento resultante foi de 81,49%, ainda um patamar saudável apesar da retração de 4,00 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Os viajantes internacionais somaram 766 mil no mês (+8,31%).
 
Em valores absolutos, oferta, demanda e volume de passageiros registraram os mais altos níveis históricos para um mês de outubro.
 
Participação do mercado internacional em outubro de 2018 (entre as empresas brasileiras):
 
Latam – 71,90%
Azul – 12,40%
Gol – 7,97%
Avianca – 7,72%
 
 
 
Acumulado no ano
 
Os resultados acumulados nos 10 meses de 2018 são bastante semelhantes aos do mês de outubro isoladamente. A demanda internacional verifica evolução de 15,72%, enquanto a oferta tem alargamento de 19,60% - em ambos os casos a comparação é com o mesmo intervalo de 2017. O fator de aproveitamento no ano se situa em 82,45%, 2,77 pontos percentuais abaixo do que se apurava no ano passado. Nossas companhias aéreas brasileiras transportaram mais de 7,7 milhões de viajantes nos voos entre o Brasil e o exterior neste ano. O número é 12,04% maior do que em 2017, o que corresponde a cerca de 830 mil consumidores adicionais.
 
Participação do mercado internacional no acumulado de 2018:
 
Latam – 69,05%
Azul – 14,79%
Gol – 9,12%
Avianca – 7,04%
 
Cargas
 
As estatísticas de carga incluem as operações das associadas Avianca, Azul, Gol, Latam e Latam Cargo.
 
O conjunto destas empresas transportou 34,8 mil toneladas de carga no mercado doméstico em outubro (+10,98%) e 24,2 mil toneladas no mercado internacional (+10,87%).
 
No agregado de janeiro a outubro, são 317,8 mil toneladas de carga transportadas em rotas domésticas (+13,13%) e 232,5 mil toneladas transportadas nas rotas internacionais (+27,89%).
 
Confira as planilhas completas com as estatísticas na área de Dados e Fatos do site da Abear, na seção números das companhias aéreas associadas.

Fonte: Abear