Ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, participou, nesta quarta-feira (29), em Brasília, da solenidade de apresentação do novo presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto. A autarquia é vinculada ao Ministério do Turismo e desenvolve um trabalho conjunto com a Pasta na missão de promover o Brasil no exterior.
 
Na ocasião, Álvaro Antônio destacou a parceria e as ações compartilhadas entre MTur e o instituto. “A Embratur é um importante braço do ministério. A nova visão do turismo nacional contempla o fortalecimento de ações para ampliar a atração de estrangeiros ao Brasil, fundamental para fazer com que a atividade turística alcance todo o seu potencial gerador de empregos e renda”, ressaltou o ministro.
 
Ainda segundo o ministro, a indústria de viagens do país nunca teve um cenário tão positivo para crescer e agradeceu a confiança do presidente Bolsonaro. “A confiança do nosso presidente, o apoio do trade e o entendimento do Congresso Nacional e das agências reguladoras do que é preciso fazer para desatar os nós que atrapalham o desenvolvimento do turismo nacional abrem um mundo de oportunidades para o Turismo no Brasil”, disse.
 
O presidente Bolsonaro avaliou que o potencial do Brasil está além do realizado economicamente, hoje, pelo Turismo, e manifestou a intenção de trabalhar pessoalmente pelo crescimento do setor. “Nós temos tudo para, via o turismo, ajudar a economia. Se depender da minha caneta, de um decreto, estarei à disposição do progresso e do meu País”, garantiu.
 
ABERTURA DE MERCADO – Durante a cerimônia, o ministro Marcelo Álvaro Antônio também comemorou as perspectivas de incremento da competitividade do setor com a chegada da companhia Air Europa ao Brasil. A empresa espanhola é a primeira aérea a se estabelecer no país com 100% de capital estrangeiro, após a aprovação da Medida Provisória 863/2018 e a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para o início de suas operações em território nacional.
 
“Medidas como essa abrirão a economia brasileira para um novo momento. Tenho muito orgulho de ter participado das articulações que permitiram essa conquista e, principalmente, dos resultados que teremos com ela: passagens mais baratas, mais turistas viajando pelo Brasil e mais emprego e renda gerado pelo setor”, ressaltou o ministro.
 
Ele também afirmou que MTur e Embratur trabalham, juntos, pela aprovação da modernização da autarquia, “que dará mais agilidade e modernidade à sua gestão”.

Fonte: Ascom/MTur