Em atendimento às nossas agências de viagens associadas que nos reportam consultas de clientes sobre o status das operações, a ABAV Nacional tem trabalhado muito fortemente na difusão e no compartilhamento de todas as informações que chegam tanto das fontes oficiais dos órgãos de saúde e dos destinos, como também dos fornecedores envolvidos, como companhias aéreas, hotéis etc.

Temos trabalhado muito diretamente também com esses fornecedores para que eles reforcem os canais de atendimento  aos agentes de turismo e que sejam oferecidas opções e facilidades nas remarcações ou reitinerações, sem custo, aos passageiros que não se sentirem confortáveis em viajar nesse momento. As políticas de remarcações não são padronizadas, dependem de cada fornecedor, e as agências fazem toda a intermediação necessária.

Importante sinalizar que essas informações mudam sistematicamente, por isso o acompanhamento diário é muito importante e temos feito isso -  vale lembrar, entretanto, que o período é de baixa temporada, o que naturalmente diminui o fluxo, especialmente de viagens longas.