Vinte  entidades do setor de turismo enviaram ofício aos senadores, em especial, Senador Vanderlan Cardoso, relator da Medida Provisória 936 para que seja aprovada a medida ainda nessa quarta-feira. O turismo é o mais afetado pela crise e a prorrogação da MP 936 será fundamental para a manutenção dos empregos e sobrevivência do setor.

O Senado Federal deverá votar a medida nessa quarta-feira, 10/06. Caso seja votada como está, o texto irá para sanção presidencial. Com isso, o Ministério da Economia poderá emitir decreto concedendo aumento de prazo ao setor do turismo por pelo menos 180 dias, uma vez que a retomada da atividade será lenta e depende de vários fatores como o retorno de malha aérea, o controle da pandemia e a confiança do consumidor para voltar a viajar.

Assinam conjuntamente o ofício as seguintes entidades: ABAV Nacional, Abeoc, ABIH, Abracorp, Adibra, Adit Brasil, Air Tkt, Abrape, Aviesp, Avirrp, Braztoa, BLTA, Clia, FBHA, Fohb, Resorts Brasil, Sindepat, Sindiprom, Ubrafe e Unedestinos.